Notícias

Informações especiais para a sua empresa

29/10/2019

Acontece no GBrasil

Observatório Social homenageia empresário GBrasil em Foz do Iguaçu (PR)

Ao celebrar de 10 anos da entidade, OSB Foz reconhece trabalho do empresário contábil Derseu de Paula

da Redação

O Observatório Social do Brasil (OSB), entidade dedicada a monitorar os gastos públicos de prefeituras e câmaras de vereadores em mais de 140 cidades do País, prestou uma homenagem ao empresário contábil Derseu de Paula (GBrasil | Foz do Iguaçu-PR) por suas ações e dedicação em prol do OSB local.

A homenagem aconteceu durante a celebração de 10 anos da entidade no último dia 4 de outubro, como reconhecimento de sua "extensa atividade cidadã", definida pelo prêmio como “transformação de indignação em atitude”. Derseu de Paula foi um dos fundadores do OSB Foz em 2009 e revela que, naquela época, cerca de 30% das licitações do município apresentavam irregularidades. “Encontramos coisas absurdas que posteriormente acabaram resultando em várias ações públicas contra prefeitos por má aplicação de recursos. A importância do contador nesses observatórios é fundamental”, enfatiza o empresário da De Paula Contadores.

interna-derseu-de-paula2-mav.[1]

O Sistema OSB está presente em cerca de 142 cidades de 17 estados e conta hoje com mais de 3.500 voluntários. A entidade acompanha e fiscaliza principalmente as licitações, etapa que é considerada a mais crítica no processo de gestão do dinheiro público e onde incide grande parte dos crimes de corrupção.  Ao detectar irregularidades, o Observatório cobra providências dos gestores públicos e pode também solicitar a impugnação de licitações.
 
Para Julio Linuesa Perez, presidente do GBrasil, “É quase obrigação de cidadania os contadores se envolverem nesse movimento, porque temos condições técnicas de acompanhar as prestações de contas do poder público”, afirma.

O desperdício de dinheiro público em licitações muitas vezes passa despercebido pelo controle interno da prefeitura, mas chama a atenção do Observatório desde a etapa do lançamento do edital. Entre 2013 e 2017, estima-se que uma economia superior a R$ 3 bilhões foi revertida para os cofres municipais devido aos OSB.

Derseu de Paula não esconde o orgulho  de ter contribuído para a fundação do Observatório em Foz do Iguaçu e em várias cidades da região Oeste do Paraná. "Todos funcionam muito bem. São respeitados e temidos pelos corruptos. Todos os contadores deveriam aderir e essas organizações pelo bem do Brasil”, incentiva.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER E RECEBA NOVIDADES NO SEU E-MAIL